.As minhas coisas

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

Sexta-feira, 31 de Março de 2006
Ando nas espreitadelas.

Vendo e aprendendo!

O mundo dos blogs é realmente surpreendente. Eles existem de todas a formas e cores, com todo o tipo de temas possíveis e imaginários. Uns que nunca percebi até hoje (se até eu tenho um blog, logo....) e outros que são agradáveis surpresas! Gosto de ler. A leitura virtual passou a fazer parte do meu dia-a-dia, ao ponto de ser tornar viciante. Ao inicio foi pela curiosidade, mas aos poucos e poucos fui ficando presa a alguns. O que antes era apenas um blog e alguns posts engraçados, tornou-se em algo muito próximo. Já me importava com as pessoas que o escreviam, já me preocupava, muitas vezes dava comigo a pensar..."será que está tudo bem com aquela pessoa?" Normalmente não comento, limito-me a ler, sorrir, dar umas boas gargalhads e muitas vezes até a chorar. Mas sem eu dar conta essas pessoas passaram a fazer parte da minha vida, mesmo que eles nem imaginem que eu existo!!Estranho, não é??!! Entretanto resolvi criar o meu espaço. A primeira tentativa ficou pelo caminho, agora tenho este cantinho novo. Sinto-me ainda um pouco desorientada, porque parece que não consigo colocar em palavras tudo o que quero...mas mesmo assim, não deixa de ser uma espécie de "meu pedacinho de terra" onde posso ir "platando" as minhas coisinhas. Ultimamente, tenho andado um pouco despistada com as minha ditas "plantações", ando muito ocupada a inteirar-me e espreitar os vossos "pedacinhos de terra". Ando na coscuvilhice é o que é! Descobri também como colocar os links dos blogs que tenho lido no meu blog, se repararem aqui ao lado, já tenho alguns, são os que mais leio agora! Nesta minha caminhada, fui perdendo e ganhado...há blogs que lia que desapareceram, outros que os autores resolveram terminar...pessoas que me afastei com pena minha, não que fossem amigos ou coisa parecida (como já referi, muitos nem sabem sequer que existo), mas já faziam parte de mim! Mas o que passou, passou, agora o que interessa é continuar  e descobri...a vida só faz sentido assim! Um dos blogs que lia e continuo a ler (que me desculpem os outros que leio e não refiro) e que mais me tocou foi o " Diário de uma Gaja Louca"... com ele li ri imenso, entrei em choque e chorei ainda mais...é arrepiante e incrivelmente belo como a vida de alguém que nunca conhecemos nos pode tocar tanto! As vidas confundem-se!

Bem, acho que hoje termino por aqui, já estou com a lágrima no olho e nem sei porque razão...e acho que estou a ficar chata...isso é mau.

Beijinhos a todos e bom fim de semana

P.S.: Não deixem de escrever, sentiria muito a vossa falta!

sinto-me:
publicado por XL às 13:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 29 de Março de 2006
Coisas e coisinhas.

Confesso que não pretendia ter iniciado este blog assim, mas por "forças maiores", usei-o como uma espécie de muro de lamentações. Os tempos têm sido atribulados. O trabalho têm-me roubado o tempo e a disposição para manter este espaço decente e minimamente actualizado (talvez nunca o consiga fazer, tendo em conta que falo da minha própria pessoa). Mas adiante. Entretanto fiz algumas descobertas, e comecei a ler alguns blogs dos quais o meu não chega sequer aos calcanhares. Não se perdeu tudo, pelo menos vou aprendendo.

publicado por XL às 08:15
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Março de 2006
GREEEEEE....

Cambada de mentecaptos! Tenho dito!

 

sinto-me:
publicado por XL às 16:16
link do post | comentar | favorito
Perplexa!

Há dias bons, dias maus, dias assim-assim, dias que não aquecem nem arrefecem, dias para esquecer ou para lembrar. O dia a de hoje nem sei que nome lhe darei, está a ser realmente surpreendente, uma espécie de anedota daquelas que constam na categoria de humor negro. Há pessoas que não se tocam e perdem a noção da realidade com atitudes irracionais impensadas e completamente estapafúrdias! Vomitam o que lhes vêm a cabeça e desatam num achincalhar desmedido que nos deixa em estado critico de perplexidade! Já não distingo as minhas vontades, não sei riu se choro, se fico se fujo, se não dou importância ou se fico alerta e com os olhos bem abertos, não vá o diabo tece-las!!

 

sinto-me:
publicado por XL às 13:15
link do post | comentar | favorito
A rir é q se começa o dia.

     

     Resolvi começar o dia de hoje com uma anedota que a minha amiga Ana me enviou por e-mail. Simples mas muito gira, ora vejam:

 

        Fabulosa falabula com a letra F!</a></a></a>
     

      - Um homem chega ao restaurante, senta-se e, acenando com o braço, diz: 
      - Faz favor: frango frito, favas, farinheira... 
      - Acompanhado com quê? 
      - Feijão. 
      - Deseja beber alguma coisa? 
      - Fanta. 
      - Um pãozinho antes da refeição? 
      - Fatias. 
      O empregado anota o pedido, já meio intrigado: "o tipo fala tudo com a letra F</a></a></a></a>!" 
      Depois do homem terminar a refeição, o empregado pergunta-lhe: 
      - Vai querer sobremesa? 
      - Fruta fresca. 
      - Tem alguma preferência? 
      - Figo. 
      Depois da sobremesa, o empregado: 
      - Deseja um café? 
      - Fortemente fervido. 
      Quando o cliente termina o café: 
     - Então, como estava o cafézinho? 
     - Frio, fraco. Faltou filtrar formiguinha flutuando. 
      Aí o empregado pensa: "Vamos ver até aonde é que ele vai". 
      - Como e que o senhor se chama? 
      - Fernando Fagundes Faria Filho. 
      - De onde vem ? 
      - Faro. 
      - Trabalha? 
      - Fui ferreiro. 
      - Deixou o emprego? 
      - Fui forçado. 
      - Porquê? 
      - Faltou ferro. 
      - E o que é que fazia? 
      - Ferrolhos, ferraduras, facas... ferragens. 
      - Tem um clube favorito? 
      - Fui Famalicense. 
       - E deixou de ser porquê? 
      - Futebol feio farta. 
      - Qual e o seu clube, agora? 
      - Farense. 
      - O senhor e casado? 
      - Fui. 
      - E sua esposa? 
      - Faleceu. 
      - De quê? 
      - Foram furúnculos, frieiras... ficou fraquinha... finou-se. 
      O empregado de mesa perde a calma: 
      - Olhe! Se você falar mais 10 palavras com a letra F</a>... não paga a conta. Pronto! 
      - Formidável, fantástico. Foi fácil ficar freguês fazendo figura falando. 
      O homem levanta-se e dirige-se para a saída, enquanto o empregado ainda lança: 
      - Espere aí! Ainda falta uma! 
      O homem responde, sem se virar: 
      - Faltava.

 

sinto-me:
publicado por XL às 08:10
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Março de 2006
Bom Dia!

 

Hoje estou mais calma, mais conformada. Continuo um pouco zangada comigo, mas estou decidida a fazer alguma coisa para mudar.

Ontem tive um dia péssimo. Nada do que aconteceu foi surpresa para mim, o problema é esse mesmo, quando sabemos que algo está mal e algo em nós prefere não acreditar. A tomada de consciência dos factos é muitas vezes, a pior parte de todas.

Nada como um novo dia. Respirar fundo e continuar.

 

sinto-me:
publicado por XL às 08:15
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Março de 2006
Que dia.

Zangada comigo! Ás vezes sinto-me uma mistura estúpida de ingenuidade e burrice!

 

 

sinto-me:
publicado por XL às 17:23
link do post | comentar | favorito
Começou bem...

O dia começou bem. As perspectivas eram boas, primeiro dia de primavera (nem a chuva que veio com ela me desanimou), hoje o dia vai correr bem, disse cá para mim. A ideia de que  em breve vou arrumar os pijamas e os casacos grossos no fundo do armário era reconfortante, já me via em pleno verão a passear pela calçada enquanto bebia uma água geladinha...em vez de botas e meias grossas calçava apenas uns chinelos...o casaco grosso e as roupas pesadas dariam lugar a uma saia e uma t-shirt bem confortáveis....que maravilha, só esta ideia animou o meu dia! Adoro calor e fujo do frio a sete pés! 

Mas não, hoje o dia não correu bem. Acho que estou a perder a vocação para "tapete" e "muro de lamentações". 

Acabou menos bem...

 

sinto-me:
publicado por XL às 17:15
link do post | comentar | favorito
Perdi.

Mentiras odeio mentiras.

Na altura nem precisou de me pedir ajuda. Voluntariei-me de alma e coração. Mobilizei quem estava à minha volta, contagiei nesta onda de solidariedade mesmo os mais cépticos. As barreiras eram quase intransponíveis, mas uma a uma foram ultrapassadas, mesmo ficando com estilhaços cravados na pele. Sempre estive lá. Envolvi-me em batalhas burocráticas nas autarquias e centros de ajuda, arranjei uma data de preocupações que de uma hora para a outra passaram a ser minhas. Nunca pestanejei ou sequer hesitei. Ele precisava de mim. Foi assim durante anos. Um dia um passo em frente, no outro dois para trás, mas a vida não é fácil...a dele nunca foi! Dividi o peso dele comigo e caminhei. "Ajuda-me", dizias tu sempre que caias (caias sempre).

Um dia descobri uma mentira. No outro dia outra. E ainda mais à frente outra pior que as anteriores. Era um novelo que se ia desenrolando à minha frente...mas assim mesmo eu ia entendendo. Vieram mais problemas. Quem foi solidário e me ajudou fechou a porta, e assim foi sendo até ficarmos só nós. Enfrentei a família, os amigos. Enfrentei e confrontei quem eu mais amava, o meu marido, convenci-o vezes sem conta a perdoar e entender, só que um dia ele desistiu também.

Porquê? Porquê tanta mentira? Porquê? Enganaste tanta gente "Amigo"!

Hoje ligaste-me. Voltaste a ser derrubado pelo maldito vicio. Precisavas de ouvir a minha voz (disseste tu). Contaste-me muitas coisas. Umas que dizias serem verdades, outras que dizias serem mentiras que ainda não tinhas tido coragem para contar. Pediste desculpa. Não sei realmente qual das partes foi verdadeira. Já não acredito. Deixei de acreditar em ti. Magoaste-me demais. Foram anos a sacrificar-me por ti e por algo em que só eu acreditei. Desculpa mas já não acredito.

Que Deus te perdoe a ti e a mim por ter desitido também.

 

sinto-me:
publicado por XL às 12:20
link do post | comentar | favorito
O meu "piqueno"!

Ora cá estou eu de volta com boas noticias!

O meu pequenote está como novo, correu tudo melhor do que eu esperava...só que agora pede doses redobradas de miminhos!! Ninguém resiste aqueles olhinhos verdes ternurentos e às turrinhas que ele da nas pernas a pedir colinho!! Sei que sou suspeita, mas ele é mesmo uma bolinha de pêlo tão querida, como costumo dizer é muito mais que um simples gatinho, tem uma "possoazinha humana" dentro dele! Assim que possível colocarei aqui as fotos do gatinho maravilha!

Vou ficar-me por aqui, tenho que procurar alguma coisa que limpe a "baba" das teclas do computador antes que provoque um curto-circuito!!

 

sinto-me:
publicado por XL às 08:16
link do post | comentar | favorito
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Setembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
.O que eu leio:
.Fazer olhinhos
blogs SAPO